15/02/2013

Sobre um vazio que jamais será preenchido.

Queria que dia 15 de fevereiro fosse apenas mais um dia comum, ah como eu queria. Tem noção do que é acordar recordando que faz mais um ano sem você aqui? Tem noção do que é lembrar daquela cena horrível uns dias antes do meu aniversário? Acredite, o meu aniversário nunca mais vai ser um dia de total felicidade. Hoje faz cinco anos. Cinco anos que não vejo mais seu sorriso, nem seu olhar, que eu não sinto o seu abraço, nem seu carinho, que eu não posso sentir suas mãos nas minhas. Dói. Dói reunir a família e faltar um pedaço que nunca mais estará presente. Dói, dói muito mesmo. Na verdade eu achei que eu jamais  suportaria a sua falta, achei que eu não aguentaria seguir em frente, mas eu superei. Você levou parte do meu coração com você para o céu, levou parte do meu sorriso, parte da minha felicidade, parte da minha vida. Queria só dizer que você faz falta, que eu queria muito tê-lo aqui novamente ao menos para ouvir uma palavra sua e lembrá-lo o quanto eu te amo. Ao menos para receber um último abraço. Hoje o que me resta é a tristeza, um vazio e uma saudade eterna.

Um comentário:

Mariana Ferreira (: disse...

O vazio é sempre eterno. :(